Estúdio Multimidia no Centro do Comércio de Belém

Coração de ferro.


Destruição, desterro, desapego, desalma, desnudo, deformação do espaco, do tempo, da vida, assim o corpo serve de maquina, e a casa de recarga, informação eletrica passa pelos cabos no interior do nosso corpo, assim a transformação acontece, isso ja esta claro e velho, cada maquina faz sua função e cada homem é guiado pelo seu coração metálico e reluzente. E por que da um aperto e um medo? mesmo ja sabendo o fim da estória. Ai que se resume a palavra transformação, o dia escurece e o certo nao tem nada de concreto, o tempo fica confuso e se perde, eu me perco e acabo no mesmo lugar, em mim. Ai se ganha o presente da vida, e tudo que um dia começou a me confundir acaba se tornando meu farol ai fica facil sentir a Terra em transformação sei que a terra de um homem é sua alma e sua casa seu corpo, e o que é para dizer? Transforme, transgressa, transporte-se, transplante-se, transfigure e deixe sua casa desarrumada vai aliviar o peso de todos os acertos é isso que vem atrasando o mundo, o medo de errar, de se expor. Melhor mesmo é rir de voce mesmo. Hoje é dia de comemorar o atraso, o erro, a fraqueza, o choro, o orgulho e a incerteza.

Viva o Ser Humano

 

 

Foto de Renato Reis

Texto de Léo Chermont

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s